Itaúna: Coletânea “Hipérboles” de Ana Paula Sobrinho

Noite de autógrafos da coletânea “Hipérboles” em Itaúna.



Ana Paula Sobrinho coroada por versos-solares, lança-se como poeta corpográfica ao versejar sobre elementos ligados à natureza e ao cosmos elevados.

Os versos desta mineira de 34 anos, nascida em Contagem, com formação em Ciências Biológicas pela UEMG, parecem transbordar um misto de potência e leveza, ao pensar-se matéria além-corpo.

Seus primeiros poemas foram publicados em 2015, no livro Versos d’Ouro & Rubro, do escritor Leonardo Costaneto.

A autora propõe em poucas linhas a infinitude das galáxias, um convite à naturalidade radiante que inspira a sua escrita.

Lançamento coletânea "Hipérboles" - Divulgação
Lançamento coletânea “Hipérboles” – Divulgação
– HIPÉRBOLES –

Pacificada

Adorna meu colo com teus beijos de marfim

com violência, me percorre;

muralha intransponível.

Deseja-me,

incontido,

incontrolável;

pulsante e palpável

em conjunção exata.

Desfaleço e dissipamo-nos.


Colheita

À noite,

Cobre-me de ouro no trigal,

Enquanto o orvalho goteja.

Colha as florações.

Sou planta em flor

rescendendo aroma de estrelas.


Cálida

Floresço, coroada em versos.

Amor-lírio, penso-me Sol.


Serviço:
Editora Ramos convida para a Noite de autógrafos da coletânea “Hipérboles” em Itaúna.
Data: 22/11/2017 – Quarta feira
Horário: 19:30
Local: Espaço Cultural – Teatro Sílvio de Matos
Endereço: Rua Antônio Corradi, 55
Centro – Itaúna / MG

Escrevo para despertar as sementes em dormência que há em mim.